7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Quando nasceste, chorei sem conseguir – e sem querer – parar

Maria Leonor

Faz hoje um ano que chegaste a este mundo, numa tarde quente com um céu particularmente azul. Foi entre piadas tontas, gargalhadas e rodeada de enfermeiras sorridentes que nasceste num parto rápido, descontraído e leve. Em poucos minutos eu tinha-te colada ao meu peito – uma bolinha tão quentinha e tão macia, com o coração a bater forte. Tu tentavas a muito custo abrir os olhos para tentar perceber que raio se estava a passar. E eu tinha os meus bem abertos para ti, para confirmar que tinhas nascido bem. Que eras perfeita. Olhei para o pai e ele, sem dizer nada, disse tudo só com um sorriso. Abracei-te e chorei sem conseguir – e sem querer – parar. Porque nesse momento senti que a vida nos compensou – a mim e a ele – por uma gravidez tão difícil, tão cheia de incertezas, tão pesada, caramba. Mas isso são contas de um rosário que ficou guardado algures numa gaveta.

Quando penso em ti ao longo do dia – e são tantas as vezes! – vejo-te sempre alegre. Olhos cerrados e esse sorriso maroto de oito dentes e duas covinhas nas bochechas a aparecer. Não tens medo de nada e, por isso, as tuas aventuras pregam-nos sustos a toda a hora. És uma esponja que absorve tudo o que as manas fazem e aprendes rápido – demais, na minha opinião.

É raro dormires a noite toda e, de dia, a tua energia é exigente para mim e para o pai. Mas ainda assim eu quero que o tempo demore a passar. Que cresças devagar, no tempo certo. Quero aproveitar cada dia teu, cada coisa nova que aprendes a fazer ou a dizer.

Tens a vida toda pela frente, filha. Brinca, ri – ri muito! – e sonha. Agora e quando tiveres 50 anos. Sempre!

Parabéns, Maria Leonor.

 

12 comentários em “Quando nasceste, chorei sem conseguir – e sem querer – parar

  1. Mónica Ramos

    😍 Parabéns a vcs !!! Parabéns à ” nossa gordinha” a esta princesa linda que também faz parte da minha vida ! Desejo vos o melhor do mundo ! Bjs desta tia/madrinha que estará ca sempre para o que precisares 😊 !

  2. Leonor Campelo

    Muitos parabéns Maria Leonor, pais e manas!!! Como tu também cá temos uma que, em comum, também nos deu que “fazer” ainda cá dentro e agora com quase 3 anitos ainda nos dá 😃 Devem ser os géneses das “Leonores” !!! 😁 Que continuem assim HIPER-MEGA FELIZES.

  3. Inês Carriço Almeida

    Tão sentido e bem escrito, que passamos a ser também nós esponjas, a absorver a mesma emoção com que escreveu estas palavras! ❤
    Muitos parabéns para a Maria mais pequenina 👑

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *