7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Filhas de palhaço, palhaços são

As minhas filhas são palhaças como o pai. Eu sei que podia dizer isto de outra forma, mas vinha dar sempre a esta (dura) realidade.

Há dias, estou a almoçar com as mais crescidas num restaurante e dou-lhes o estojo para irem fazendo desenhos enquanto a comida não vem. A Maria Rita desata a escrever. Pensei: “olha, boa, está a escrever uma história”. Deixei-a escrever à vontade e não fiz qualquer pergunta.

Vem o senhor com as travessas e ela entrega-me o lápis:

– Toma, mãe, já acabei!

O que é que escreveste, filha, posso ver?

– Podes. Escrevi coisas que me apetecia dizer mas, como é feio, decidi escrever.

No papel estavam escritas palavras como “pum”, “vomitado”, “cocó” e “chichi”. E há dois pensamentos que me assaltam. Primeiro: “é tal e qual o paizinho”; segundo: “vamos ter de trabalhar a ortografia”…

12 comentários em “Filhas de palhaço, palhaços são

  1. Pingback: Catarina Raminhos: "As minhas filhas são palhaças como o pai" | SAPO Lifestyle

  2. Diana

    Adoro a vossa familia, parabéns pela maneira como se apoiam e encaram as coisas com humor (um humor que eu, particularmente, ADOROOOOO)

    Toda a sorte do mundo para voces =)

  3. Helena Teixeira

    Opá! Já leste a banda desenhada Baby Blues? mãe e pai com 3 crianças. Tens de ler pq é altamente e depois pensas na vossa versão Marias e BD…vês, já tou a fazer render a coisa…ó Tó Zéeeeeee, quero lucros da BD, sff :p
    Mas olha que a mãe da BD Baby Blues tem 1 tufa de cabelos parecida com a tua… :p

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *