7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Nesta tasca faz-se sempre boa viagem

 

Sou uma pessoa dada a gordices, não há nada a fazer. E já partilhei convosco o facto de adorar a Ericeira. Hoje junto estas duas coisas para vos falar da Tasca da Boa Viagem.

Aqui, o peixinho fresco da zona está sempre no seu melhor e a carne, de várias regiões do país, é só a mais saborosa e a mais tenra que podem comer. Mas o que eu acho que faz a diferença é a variedade de acompanhamentos que vem com cada refeição. Os cogumelos salteados são maravilhosos e as batatas assadas no forno são uma perdição tão grande que eu até peço – a chorar por dentro – para não as trazerem para a mesa.

Terminem, por favor, com o “bolo mousse de chocolate”, tão bom para acompanhar aquele restinho de vinho que fica no copo.

Nestes meses de verão é melhor ligar à reservar mesa (os turistas estão sempre lá batidos!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *