7 da tarde e ainda não lavei os dentes

Tarde livre e uma melancia debaixo do braço

Não sei bem que voltas isto deu, mas, de repente, tínhamos a tarde para nós (enquanto não chegavam as 17h30 para irmos buscar as miúdas ao campo de férias).

Cada um foi ao seu ginásio e combinamos almoçar e ir ao cinema – os últimos dois filmes que vimos eram infantis e depois houve aquela experiência com a Annabelle

Lá almoçámos calmamente na esplanada – faz de conta que estávamos de férias – lá fomos para o cinema e lá percebemos que a primeira sessão era às 18h45. Então o que vamos fazer agora? De repente, três horas pareciam um dia inteiro. Vamos aos jardins da Gulbenkian passear e namorar? Vamos! Atravessamos a avenida e na esquina da rua há uma loja de produtos biológicos.

Raminhos: não temos nada no frigorífico. Bem vistas as coisas, íamos era ali às compras.

Catarina: Preferia ir passear, mas de facto nem temos tempo para ir às compras…

Voltei a não perceber bem as voltas que isto deu mas, de repente, estávamos os dois a escolher frutas e legumes e a última coisa de que me lembro desta “tarde de passeio e namoro” foi de atravessar a avenida em direcção ao estacionamento, eu com um saco; ele com outro saco e uma melancia debaixo do braço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *